LuxCitizenship

Para ativar as legendas, pressione o botão play e, em seguida, o ícone CC. Para alterar o idioma, pressione o ícone de engrenagem e “Subtitles/CC” (Legendas/CC).

Os argentinos-luxemburgueses

Atualizado: 9 de janeiro de 2024
Escrito por: Daniel Atz com Lauren Lowell

Em 31 de dezembro de 2023, 541 cidadãos luxemburgueses viviam na Argentina. Quem são esses argentinos-luxemburgueses? Explore este estudo interativo para descobrir.

Os argentinos-luxemburgueses

Para ativar as legendas, pressione o botão play e, em seguida, o ícone CC. Para alterar o idioma, pressione o ícone de engrenagem e “Legendas/CC”.
Actualizado: 9 de janeiro de 2024
Escrito por: Daniel Atz com Lauren Lowell

Em 31 de dezembro de 2023, 541 cidadãos luxemburgueses viviam na Argentina. Quem são esses argentinos-luxemburgueses? Explore este estudo interativo para descobrir.

Veja nossos outros 🇦🇷🇱🇺 Estudos:  Ancestrais | Dados demográficos | Pesquisa | Ver todos os estudos

PONTO DE PARTIDA

Desde 2018, a LuxCitizenship produz estudos de caso interativos sobre os novos cidadãos luxemburgueses com dupla nacionalidade. Em abril de 2023, após a viagem da equipe LuxCitizenship à Argentina, realizada com o intuito de se reunir com a comunidade argentino-luxemburguesa, expandimos nosso estudo de caso sobre a terceira maior comunidade de cidadãos luxemburgueses com dupla cidadania nas Américas.

Em sua primeira edição, o estudo se baseia em dados do Ministério da Justiça de LuxemburgoArquivos Nacionais, Data.Public.Lu, CTIE, STATEC, e em nosso próprio estudo com 124 cidadãos luxemburgueses com dupla cidadania e seus 28 antepassados luxemburgueses

Acreditamos que já é hora de aprendermos mais sobre essa população. Por isso, pedimos que eles falassem por si mesmos. A seguir, os resultados.

Contexto

Em 2008, a nova Lei de Nacionalidade luxemburguesa introduziu o conceito de dupla nacionalidade em Luxemburgo. Desde então, milhares de pessoas obtiveram a dupla nacionalidade luxemburguesa por descendência.

ONDE PARAMOS

Em nosso estudo de antepassados, estabelecemos que entre nossos 124 cidadãos com dupla cidadania, somavam-se 28 antepasados luxemburgueses. A maioria desses antepassados veio de Luxemburgo no final do século XIX, e o maior grupo se estabeleceu em Benito Juárez, província de Buenos Aires.

Local de nascimento do ancestral luxemburguês

Local de residência

AGORA, CONHEÇAM OS SEUS DESCENDENTES

Cada um desses 28 ancestrais luxemburgueses constituiu sua própria família na Argentina. Hoje, seus 124 descendentes incluídos neste estudo abrangem uma ampla gama de dados demográficos e estilos de vida.

Idade do participante

18-19

6%

20-29

18%

30-39

18%

40-49

30%

50-59

12%

60-69

9%

70+

7%

Gênero do participante

Gerações de distância do antepassado

1 Generación

5%

2 Generaciones

15%

3 Generaciones

48%

4 Generaciones

27%

5 Generaciones

5%

DE ONDE ELES SÃO?

Assim como seus ancestrais luxemburgueses, muitos dos entrevistados de nosso estudo chamam as províncias de Santa Fé e Buenos Aires de lar. 65.3% de todos os nossos entrevistados vivem somente nessas duas províncias, que foram o local de imigração de 57.1% dos antepassados que estudamos.

Província de nascimento do participante

Onde vivem hoje

MOBILIDADE – QUÃO “PRÓXIMOS DE CASA” ESTÃO OS ARGENTINO-LUXEMBURGUESES?

21.4% os entrevistados não moram mais na província onde residiam seus ancestrais luxemburgueses. Desses mesmos entrevistados, 25% também não moram na província onde nasceram.

Embora essa porcentagem seja comparável à dos brasileiros-luxemburgueses, ela é 1,9 vez menor do que a dos americanos-luxemburgueses. Em geral, essa é uma população moderadamente móvel.

Nascidos na mesma província onde viveram seus antepassados

Reside na mesma província onde viveram seus antepassados

Nasceu e reside na mesma província onde viveram seus antepassados

PARA ONDE ELES SE MUDARAM?

Apesar das raízes profundas que os argentino-luxemburgueses têm em regiões específicas da Argentina, alguns entrevistados se mudaram ao longo de suas vidas. A tendência mais comum que observamos é uma mudança das áreas rurais para as urbanas, especialmente Buenos Aires.

Para onde os participantes se mudaram desde que nasceram?

Participantes vivendo fora, por país

Embora a maioria dos entrevistados da nossa pesquisa argentino-luxemburguesa viva atualmente na Argentina, 16.9% dos entrevistados relataram ter vivido no exterior durante a vida.

SOBRE AS FAMÍLIAS

41.9% de todos os cidadãos argentinos-luxemburgueses com dupla nacionalidade são casados. Além disso, 58.9% de todos os entrevistados informaram que têm filhos. O maior grupo entre eles tem dois filhos, refletindo uma tendência demográfica comum na Argentina.

É casado?

Número de crianças

1 Criança

8%

2 Crianças

25%

3 Crianças

17%

+4 Crianças

8%

NÍVEL EDUCACIONAL

36,3% dos entrevistados indicaram que seu nível mais alto de educação foi o Ensino Médio. 56,5% de todos os entrevistados cursaram o Ensino Superior. Estes dados revelam uma população altamente educada entre os argentinos-luxemburgueses.

Nível de escolaridade

Pre-Secundaria

3%

Secundaria

38%

Educación Superior (Licenciatura)

51%

Graduado

8%

Maestría

3%

Doctorado

2%

Otro

3%

CARREIRA PROFISSIONAL

Assimo como os brasileiros-luxemburgueses, a maior porcentagem dos nossos entrevistados argentinos trabalha para o governo como funcionários públicos ou contratados. Por outro lado, muito menos argentinos-luxemburgueses relatam trabalhar no setor de saúde do que
seus primos americanos.

Dos nossos entrevistados da Argentina, 29,8% se recusaram a responder se estavam trabalhando atualmente ou qual era sua carreira profissional. Em comparação, apenas 20,5% no Brasil e 5,8% nos EUA se recusaram a responder a essa pergunta.

Em qual indústria trabalhou mais recentemente

Administración

10%

Servicios y comercio

7%

Energía y servicios públicos

4%

Construcción y bienes inmuebles

3%

Docencia

3%

Alimentación y agricultura

3%

Salud

3%

Servicios profesionales y de consultoría

2%

Legal

2%

Moda y bienes de consumo

2%

Farmacéutica y tecnología médica

2%

Tecnología

2%

Periodismo

1%

Sin ánimo de lucro y religiosas

1%

Turismo

1%

Jubilado y desempleado

23%

Você está pronto para saber mais sobre os argentinos-luxemburgueses?

Continue com a nossa pesquisa para saber mais sobre as motivações e os planos futuros dos dupla ciadadãos.

¿Está listo para saber más sobre los argentinos-luxemburgueses?

Continúe con nuestra Encuesta a argentinos con doble nacionalidad para obtener más información sobre las motivaciones y los planes futuros del solicitante.

Encuesta Argentino-Luxemburguesa
Todos los estudios de caso

Contactenos